terça-feira, 10 de junho de 2014

Conheça o Paredão do Salto das Andorinhas em Aripuanã


Em Aripuanã, o turista pode conhecer as belezas naturais, também nossa flora e fauna.... Paredão do Salto das Andorinhas, venham conhecer essa maravilha da Natureza...no interior de Mato Grosso - Brasil. 

terça-feira, 3 de junho de 2014

Conheça pontos turísticos de Barra do Bugres

Pequeno lago artificial construído no centro de Barra do Bugres
Barra do Bugres é uma das poucas cidades mato-grossenses que possui aldeias indígenas e comunidades quilombolas, além de possuir uma vasta riqueza natural. Uma delas conhecida nacionalmente e internacionalmente é a Serra das Araras. O Vão Grande, Cachoeira do Juba e o Canyon, também são grandes pontos turísticos visitados na cidade.

Serra das Araras

(Curso) Como se Preparar para Viajar


Conheça dicas importantes que podem facilitar sua vida na hora de fazer uma viagem, seja ela profissional ou de lazer. Saiba também como escolher o local certo para viajar, bem como meio de transporte mais indicado.

VEJA DETALHES E COMO ADQUIRIR O CURSO AQUI

domingo, 4 de maio de 2014

Conheça a Igreja de Nossa Senhora do Bom Despacho em Cuiabá


Igreja de Nossa Senhora do Bom Despacho é uma obra monumental da iniciativa do primeiro Bispo de Cuiabá, D. José Antônio dos Reis, estimulado no empreendimento pela deliberação do governo imperial, o grande edifício de altos e grossos paredões de taipa socada teve sua construção iniciada a 7 de dezembro de 1858 e veio a ser sede do primeiro estabelecimento de ensino secundário de Mato Grosso.
Foi a segunda igreja construída na cidade de Cuiabá. Tombada estadualmente em 1977, passou por reformas recentemente, tendo sido reaberta em 2004.

Endereço: Acima da praça Ipiranga - Centro de Cuiabá. FONTE: matogrossobrasil.com.br

Conheça a Catedral Metropolitana Basílica do Senhor Bom Jesus em Cuiabá


Catedral Metropolitana Basílica do Senhor Bom Jesus é uma catedral-basílica católica, sede da arquidiocese de Cuiabá. Inaugurada em 1973, a atual catedral foi construída sobre os escombros da antiga , uma joia do período colonial que foi demolida.
De qualquer forma, sua arquitetura moderna tem admiradores. É a sede da tradicional festa do Senhor Divino, que acontece de maio a junho.

Endereço: Praça da República Cuiabá (65) 3623-2127 - FONTE: matogrossobrasil.com.br

sábado, 3 de maio de 2014

Veja como é a Trilha Ecológica do Restaurante Penhasco em Chapada dos Guimarães




Trilha Ecológica do Restaurante Penhasco, são 1770 Metros (o caminho mais curto) e 2000 metros o caminho mais longo, pois o mais comprido, passa-se também por dentro da mata em uma pequena trilha.

 Para quem vai pelo mais curto, basta seguir os degraus de madeira que vai direto para o deck oficial da trilha (fig09 e 10). Caso escolha o caminho mais longo, irá para a segundo deck primeiro (fig06 e 07) e depois deve-se subir mais alguns degraus e ir para o deck oficial (fig09 e 10).

Ao todo como mostra a placa, são 1036 degraus, muito bom a caminhada para contemplação, a média do trajeto foi de uma hora e meia (1:30), mas vale a pena pois ao chegar nos decks você tem uma visão muito bonita e panorâmica.

Endereço: Av Penhasco (a entrada fica no próprio Restaurante Penhasco)

Distância entre o centro da Chapada ao Restaurante 3 km
Valor da Entrada: R$ 5,00 por pessoa

Horario de visita: Todos os dias, das 08:00 às 15:00

Trajeto: Carro ou bike (na entrada da trilha o percuso é a pé).
FONTE: Portal Chapadamt.com

sexta-feira, 2 de maio de 2014

Antiga Usina Itaicy em Santo Antônio de Leverger



FOTOS: Maricelle Lima Vieira


Imóvel tombado como patrimônio estadual, a Usina Itaicy, localizada a aproximadamente 40 quilômetros de Santo Antônio do Leverger (rio Cuiabá abaixo), é um dos 40 Pontos de Cultura existentes em Mato Grosso.

Trata-se da maior, mais industrializada e mais importante de todas as usinas – de um complexo de 13 que foram construídas e movimentavam a economia de Mato Grosso – no final do século XIX até meados da década de 1950.

Histórico
Itaicy era propriedade de uma figura lendária da história mato-grossense, Antônio Paes de Barros, ou melhor, Totó Paes de Barros, que foi presidente do Estado. A usina começou a ser erguida em 11 de junho de 1896 e terminou 14 meses depois. Estima-se que cerca de 1.000 operários participaram da construção. A inauguração aconteceu em 1º de setembro de 1897.

As máquinas e equipamentos dessa usina de cana foram importados da Europa e chegou ao local por transporte fluvial. O período de esplendor da usina aconteceu entre 1900 e 1920. Foi o primeiro lugar de Mato Grosso a ter energia elétrica e era a quarta maior usina do País. Os equipamentos instalados em Itaicy permitiram que Totó Paes passasse à história como o precursor da industrialização em Mato Grosso. Observa-se a sofisticação e investimentos feitos em uma estrutura audaciosa para aqueles tempos.

A usina de Itaicy foi tombada pelo Patrimônio Histórico Estadual em 1984. Em 1957 Itaicy parou de produzir, entretanto sua decadência começou por volta da década de 30. De lá para cá ficou abandonada, porém nunca esquecida por conta da sua imponência e pela constante associação de Itaicy com Totó Paes de Barros, um dos personagens mais controvertidos da história de Mato Grosso.

Fonte: ARIANE LAURA

Assessoria/SEC-MT

Quer ganhar um livro interessante para a sua vida pessoal?


Neste mês de maio o blog “O Tangaraense News” sorteará entre seus webleitores o livro impresso “INVESTIMENTOS INTELIGENTES de Gustavo Cerbasi. Um trabalho literário para quem deseja conquistar e multiplicar o seu PRIMEIRO MILHÃO.

Para concorrer a essa obra, entre agora no blog  - http://otangaraense.blogspot.com.br/ e inscreva grátis o seu e-mail pessoal no espaço apropriado no canto direito superior da página.

SORTEIO – Dia 1º de junho de 2014.

Boa sorte.

Dorjival Silva.
Diretor do Blog

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Conheça o Museu Rondon em Cuiabá


Museu Rondon foi criado em 1972 para ser um centro de indigenismo, pesquisa e divulgação das culturas indígenas em Mato Grosso. Seu acervo atual ultrapassa mil peças, incluindo adornos plumários, indumentárias, armas, artefatos de ritual mágico, cerâmicas, instrumentos musicais, tecelagem, trançados, utensílios, etc, além do material fotográfico retratando o cotidiano das aldeias. Seu nome é um tributo ao matogrossense marechal Cândido Mariano da Silva Rondon, pela sua determinação na defesa dos direitos indígenas.
Foi a proximidade com os índios que levou à formação do acervo de peças de uso tradicional, coletadas diretamente nas aldeias. No seu interior, o Museu Rondon buscou colocar o visitante em contato com o ambiente mais íntimo da casa indígena, retratando-a na singela distribuição dos objetos: as redes, a terra batida, a lenha, o fogo. Ao lado do prédio do Museu, no Parque Aquático, em meio aos coqueiros e à sombra das árvores do cerrado, foi construída uma casa indígena no modelo ovalado xinguano, que exigiu dos índios Bakairi a recuperação da sua própria memória. Com uma média anual de mais de 6 mil visitantes, recebe principalmente estudantes da rede de ensino de 1º e 2º graus.

Endereço: Av. Fernando Corrêa da Costa, s/nº, Coxipó, tel: (65) 3615-8489. Ter. a sex., das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30; sáb. e dom., das 7h30 às 11h30. Entrada gratuita. Fonte Portal Mato Grosso Brasil

Conheça o Museu Histórico de Mato Grosso em Cuiabá


Museu Histórico de Mato Grosso, criado em 20 de agosto de 1987, instalado originalmente no antigo prédio do Palácio da Instrução. Muitas obras são provenientes de doações, principalmente os retratos e as esculturas de Marechal Rondon.
"O objetivo do acervo é mostrar a cultura, tentar transmitir um pouco da história de Mato Grosso à população, que, infelizmente, não procura se inteirar dos detalhes da nossa cultura', diz a monitora. A instituição é procurada mais pelos turistas que vem para Cuiabá.
Cada uma das salas conta um pouco da história do Estado. O período do combate contra os paraguaios e da chegada de Rodrigo Cezar de Manezes em Cuiabá, para citar um exemplo, está representado na primeira sala, com quadros, pinturas e maquetes. A história da primeira capital mato-grossense, Vila Bela da Santíssima Trindade, e os fatos políticos e sociais de então são retratados em pinturas e esculturas nas paredes.
O museu conta ainda com obras sobre a Batalha Fluvial do Alegre, a inauguração da Praça Alencastro e outros fatos que resumem a história do estado de Mato Grosso. O acervo está aberto à visitação de segunda a sexta-feira da 8h às 17h. A entrada é gratuita.

Endereço: Praça da República, 131 Centro - Cuiabá. Informações (65) 3613-9234 - Fonte: Portal Mato Grosso Brasil.